No segundo semestre de 2012 os estudantes do ciclo 3 estudaram as ditaduras na América Latina, muito inspirados pela trajetória pessoal de Hilda Gil, que veio à escola contar como experenciou os golpes militares do Brasil, Chile e Argentina, um a um, até partir para a Alemanha Oriental.

Hoje, 11 de setembro de 2013, 40 anos após a morte de Salvador Allende, compartilhamos o curta “Vítimas do tempo que não para” produzido pelos estudantes e educadores, com participação especial de Hilda.

Share