Como estaremos em 21?

Apesar de ser inverno, o sol radiante e o céu azul limpinho apresentavam seus poderes deixando tudo iluminado e quente para o cenário do primeiro dia da Virada Sustentável.

Em três grupos, embarcamos nos trens da cidade para visitar exposições em estações: República, Diversidade Sexual; Santa Cecília, Floresta Viva; São Bento, Aves da Mata Atlântica. Por fim, nos encontramos na Faria Lima para rever os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável propostos como Agenda Universal pela Onu para 2030. 

Uma semana antes dessa saída, debatemos esses pontos na Politeia. Cada Tutoria refletiu sobre alguns deles e como proposta de resultado para a discussão, três cartas foram escritas para serem abertas em 2021. Nelas, nós de agora levantamos questões para o futuro:

  • A diversidade está mais respeitada?
  • A igualdade de oportunidades aumentou?
  • Existem menos pessoas em situação de rua?
  • Existem mais escolas democráticas?

Acreditamos em algumas pessoas deste presente lendo lá na frente, ainda nesta escola, suas próprias reflexões.

A atenção à proposta poderia ser melhor por parte dos organizadores do evento. Esperávamos mais… mas valeu muito sair e se encontrar para um lanche em pleno Largo da Batata, onde jovens árvores plantadas por iniciativas populares [1] asseguram um porvir com mais abrigo, frescor, verdor e composições.

 


Share