2012-03-21 17.06.14

Nossa Proposta

Conflitos

A vida em comunidade é permeada por conflitos. A democracia é o caminho que permite estruturar simultaneamente os nossos conflitos internos e os nossos conflitos com os outros num sentido integrador.

Sendo o conflito a essência da produção de conhecimento que permite elaborar um pensamento crítico e autocrítico, ele passa a ser o fundamento, a essência e a dinâmica de uma comunidade democrática. As resoluções que serão construídas a partir dessa visão passam a estruturar práticas acolhedoras na comunidade.

Em uma cultura favorável ao conflito diferentes ações comunicativas têm seu lugar com o objetivo de superar os elementos desintegradores sem suprimir os desejos dos envolvidos. A responsabilidade da mediação dos conflitos desintegradores passa a ser da responsabilidade da comunidade e não apenas dos educadores. A postura do sujeito envolvido na mediação dos conflitos passar a requerer os movimentos de compreensão, elaboração e ação sobre o conflito em busca da melhor solução.

Na Escola Politeia existe uma instância para mediação dos conflitos, o Fórum, que conta com a mediação de 2 representantes da comunidade, um educador e um estudante, responsáveis por chamar os envolvidos em conflitos e ajudá-los a realizar os movimentos em busca da melhor solução.